Mulher morre após ter 70% do corpo queimado ao acender fogão a lenha

Marielen Cardoso chegou a ficar internada em uma unidade especializada em queimados, mas não resistiu aos ferimentos. Ela deixa quatro filhos, entre eles um recém-nascido.

Foi enterrada na manhã desta sexta-feira (2), em São João da Boa Vista (SP), Marielen Cardoso, de 27 anos, que foi vítima de um acidente doméstico.

A mulher teve cerca de 70% do corpo queimado ao tentar acender um fogão a lenha com álcool, no sábado (27).

Marielen chegou a ficar internada na unidade de queimados do Hospital São Mateus, em São Paulo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na terça-feira (30).

O corpo da mulher foi sepultado no Cemitério de São João da Boa Vista. Marielen deixou o marido e quatro filhos, sendo que um deles é recém-nascido.

Artigos Relacionados

Polícia Civil recupera camisa da Seleção autografada por Pelé e tocha olímpica furtadas em Campinas, SP

Objetos tinham sido levados da Confederação Nacional de Clubes em dezembro de 2023; homem de...

Jovens se passam por moradoras e invadem apartamento de luxo

Ocorrência foi registrada na madrugada deste domingo (18). Jovens chegaram de táxi ao condomínio, invadiram...

Motociclista bate em caminhão a mais de 190 km/h em Rio Claro, SP

Uma câmera, que estava acoplada no corpo do motociclista, registrou a colisão na SP-127. Condutor...

Últimas Notícias