Mulher tem carro levado por assaltante enquanto esperava filho passar por atendimento em frente ao Hospital da UNIMED em Araras, SP

A informação foi através de um relato nos comentários da publicação que fizemos sobre a tentativa de assalto, também em frente ao Hospital da UNIMED.

Na tarde desta quarta-feira (29), o site Repórter Beto Ribeiro tomou conhecimento de um assalto ocorrido há cerca de duas semana em frente ao Hospital da UNIMED em Araras (SP). A informação foi através de um relato nos comentários da publicação que fizemos sobre a tentativa de assalto, também em frente ao Hospital da UNIMED.

De acordo com Paola Stefani, sua sogra foi assaltada há duas semanas em frente ao Hospital da UNIMED, enquanto esperando o filho passar pelo atendimento e teve seu carro e o celular levados pelo assaltante que estava armado.

Ele disse ainda, que muitas pessoas estão deixando o carro do lado de fora do hospital, por conta da cobrança do estacionamento, a taxa para estacionar será grátis para quem permanece até 15 minutos, R$ 5,00 por hora/e fração e R$ 30,00 por 24 horas de permanência. Desde o início da cobrança em 2022 tem gerado revolta dos usuários.

Sobre a cobrança do estacionamento

A Unimed Anhanguera divulgou um comunicado em suas redes sociais, que a utilização do estacionamento no Hospital Unimed em Araras é cobrado em combate à criminalidade.

Conforme publicação de 4 de junho de 2022, a taxa para estacionar será grátis para quem permanece até 15 minutos, R$ 5,00 por hora / e fração e R$ 30,00 por 24 horas de permanência e que toda a arrecadação será revertida para a APAE Araras.

Sobre a tentativa de assalto

Uma mulher foi vítima de uma tentativa de assalto na noite desta terça-feira (28), na Avenida José Marques da Silva, em frente ao Hospital da UNIMED em Araras (SP). Ela relatou com exclusividade ao site Repórter Beto Ribeiro como foi o ocorrido.

A vítima, que preferiu não se identificar, contou que estava com seu veículo estacionado, quando um criminoso com as características magro, alto, trajando blusa de moleton e capuz na cor branca chegou e bateu no vidro com uma pistola dizendo que era assalto.

A vítima relatou que, ao perceber a ação, tentou abrir a porta do carro para não ter problemas, porém o bandido efetuou os disparos após ela se mexer. “Ele não atirou porque não abri a porta e sim quando mexi a mão para abrir ele atirou do nada”, disse a vítima. “Jamais resistiria a um assalto.”

A vítima também contou que está bem, mas ainda assustada com o ocorrido. “Estou bem Beto Ribeiro, porém assustada ainda com o barulho, com o risco que corri e só pensava nos meus dois filhos”, disse. “A situação já está difícil pois aguardava para visitar minha mãe na UTI mas, passo a ter outra data para comemorar e agradecer.”

A vítima também fez um alerta para a população. “Que todos tomem cuidado pois o mundo está perdido e esses marginais não pensam duas vezes antes de te matar por nada”, disse. “Ia abrir a porta para ir com ele, ao me mexer ele atirou. Enfim, agradecer e agradecer.”

A ocorrência foi registrada no plantão da Central de Polícia Judiciária. Imagens de câmeras de segurança devem ajudar nas investigações e identificação do criminoso.

Artigos Relacionados

Homem é preso pela Polícia Militar após invadir casa da ex-companheira e descumprir medida protetiva em Araras, SP

De acordo com a vítima, seu ex-marido invadiu sua casa na Rua Osmany Carminati, no...

TRAGÉDIA! Andarilho morre atropelado ao tentar atravessar a Rodovia Anhanguera em Limeira, SP

O andarilho morreu no local e, sem portar documentos, não havia sido identificado até o...

Cobasi salvou equipamentos e deixou animais morrerem no subsolo em enchente, diz polícia

Agentes do Ibama, do Comando Ambiental da Brigada Militar e do IGP (Instituto Geral de...

Últimas Notícias