“Não se Cale”: Protocolo em defesa de vítimas de violência é apresentado em Araras, SP

Criado pelo Governo do Estado de São Paulo, regulamento orienta estabelecimentos e mulheres sobre como agir em situações de assédio.

Aconteceu na manhã desta quinta-feira (25), na Casa da Memória, uma reunião para tratar sobre o protocolo “Não se Cale”, criado pelo Governo do Estado de São Paulo, que estabelece um fluxo de ações em prol de mulheres vítimas de violência em bares, restaurantes, casas noturnas, de festas e eventos. O evento foi organizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM), vinculado à Secretaria Municipal do Governo e das Relações Institucionais.

“É muito importante ter essa divulgação para que todo mundo, não só os estabelecimentos comerciais, saiba sobre o protocolo. E também para que as mulheres tenham ciência de que estão amparadas e tem para quem recorrer”, destaca o secretário municipal do Governo e das Relações Institucionais, Alexandre Faggion Castagna.

Em Araras, as mulheres têm à disposição a Delegacia de Defesa da Mulher, o Anexo de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, a Casa Rosa; além dos CRAS, CREAS e Patrulha Maria da Penha, da Guarda Civil Municipal (GCM). “A vítima precisa de todo esse suporte para que ela consiga vencer esse ciclo de violência”, afirma a delegada da mulher em Araras, Evelyn Kafa.

Ela ainda destaca a importância das mulheres buscarem auxílio e denunciarem casos de violência ou abuso. “É importante para que a gente tome conhecimento e faça algo por ela. Precisamos da denúncia para que o agressor seja responsabilizado em âmbito criminal”, afirma.

Estiveram presentes também a vice-prefeita de Limeira, Erika Tank; Edgar Albanez, delegado titular de Araras; Pérola Quintiliano, presidente do CMDM; Ana Carla Tozzo, secretária do CMDM; Felipe Nogueira Quaresma, diretor do Procon  de Araras; e a vereadora Ana Júlia Casagrande.

Peça ajuda e denuncie!

Procure a DDM mais próxima: Rua Tiradentes, 904, Centro

Delegacia Eletrônica: www.delegaciaeletronica.policiacivil.sp.gov.br/ssp-de-cidadao

Central de Atendimento à Mulher: 180

Artigos Relacionados

Placas de nomes de ruas apagadas dificultam localização de pedestres e motoristas em Araras, SP

Placas com nomes de ruas têm apenas uma função: ajudar pedestres e motoristas a se...

Problema na linha de transmissão de energia da Elektro causa falta d’água em diversos bairros de Araras, SP

O Saema está atuando de forma diligente para mitigar os transtornos e já acionou a...

CAFÉ COM NOTÍCIAS: Advogada Glauce Abdalla alerta população sobre abusos e tráfico de crianças e cita casos na ilha do Marajó

O grave problema veio à tona por meio de um vídeo divulgado pela cantora Aymeê...

Últimas Notícias