PUBLICIDADE

Novas regras para colocação de vasos de flores no Cemitério Parque dos Eucaliptos em Araras, SP

O diretor explica que a medida não tem como objetivo proibir a colocação de flores, mas sim retirar os vasos grandes e antigos que ficam jogados ao tempo.

O site repórter Beto Ribeiro recebeu reclamação de uma munícipe da cidade de Araras/SP, que se identificou como Rafaela Moreira. E acordo com a munícipe, ela ressalta que está enfrentando um grande problema em relação ao Cemitério Parque dos Eucaliptos.

“O Diretor do cemitério não permite mais que nós usuários e donos dos lotes colocamos flores ao túmulo. Eles retiraram todos os vasos de nós proprietário e jogaram em um local sem a nossa permissão”, disse.

Ainda de acordo com a moradora ela ressalta que o contrato do lote não alega que não podem mais colocar flores para seus parentes que estão sepultados. “O contrato diz que nós temos direito de cuidar do túmulo, e isso inclui colocar flores. Estamos muito indignados com essa proibição”, completou.

Em contato com o diretor do cemitério Parque dos Eucaliptos Mauricio a reportagem foi informada que a proibição foi adotada como medida de segurança para evitar a proliferação de baratas, grilos, lacraias, aranhas, escorpiões etc.

“A proliferação de bichos peçonhentos é um problema sério, e nós estamos tomando medidas para combatê-lo. Esses vasos são moradia para animais e pragas, como escorpiões, baratas e grilos”, explica o diretor.

Comunicado do cemitério Parque dos Eucaliptos

A fim de evitar a proliferação de pragas urbanas, reduzir o uso de pesticidas e diminuir a quantidade de lixo produzida pelo cemitério retiraremos todos os vasos com plantas perenes, floreiras e outros objetos que se encontram sobre os jazigos. Permitindo apenas vasos com flores não perenes (não vivem por muito tempo) e arranjos de flores naturais, ficando sobre o gramado apenas a lapide de identificação e flores recém colocadas. Estas flores ficarão sobre o jazigo apenas pelo tempo em que estiverem floridas, aproximadamente uma semana.

Tal medida se faz necessária para evitar a proliferação de baratas, grilos, lacraias, aranhas, escorpiões etc.

Há, aproximadamente, 5 meses atrás foram encontrados seis escorpiões (um adulto e cinco filhotes) enquanto movimentávamos uma pilha de bloquetes perto da capela. Apesar de não termos encontrado mais nenhum após este incidente, não deixamos de procurá-los e nem de tomar as medidas necessárias para erradicá-los. Acreditamos que tenha vindo de fora, junto a materiais de construção, mas foi o alerta para tomarmos a medidas necessárias.

Somos visitados pelas equipes do Departamento de Endemias da cidade de Araras / Saúde Publica para a verificação de possíveis focos de Dengue, chicungunha e febre amarela, 1 vez por mês nos períodos de estiagem e a cada 15 dias nos períodos chuvosos e nunca foi encontrado um foco sequer destes mosquitos no parque.

Nos últimos seis meses notamos a presença de alguns pássaros novos em nosso parque. Somos visitados, com certa frequência, por araras, João de barros, bem-te-vis, sabiás de várias espécies, nossas corujas dentre outros, atraídos pelas pitangueiras, ameixeiras, amoreiras dentre outras arvores que fornecem abrigo e alimento. Temos o receio que esses pássaros comam as baratas e grilos que saem após cada dedetização e venham a morrer em outro local.

No intuito de manter o Parque dos Eucaliptos mais agradável a visitação estamos começando um novo paisagismo com plantio de arvores que forneçam abrigo e alimento aos pássaros e arvores perfumadas e floridas para os humanos tais como Manacá de cheiro, escova de garrafa e palmeiras rabo de raposa.

Artigos Relacionados

“Em Dia com o Saema”: mais quatro munícipes contemplados com R$ 1.000 em Araras, SP

Sorteio aconteceu no último dia 29/02; iniciativa tem como objetivo estimular o pagamento pontual da...

Aparecimento de escorpiões em escola municipal preocupa pais de alunos em Araras (SP): ‘Medo de algo acontecer’

Para controlar a situação, galinhas foram soltas no local, já que elas se alimentam do...

Empresária ararense perde 37 quilos em 10 meses e mostra novo estilo de vida; veja antes e depois

Nathalia Rocha, de 27 anos, pesava mais de 100 kg e já não tinha disposição...

Últimas Notícias