Número de empresas em recuperação judicial cresce 197%

Os pequenos negócios lideram a lista de pedidos para recuperação judicial: são 137 pedidos de micro e pequenas empresas em novembro. No mesmo mês de 2022, eram 113.

Novembro de 2023 registrou um número recorde de empresas com pedidos de recuperação judicial. De acordo com dados divulgados pela Serasa Experian, foram 175 companhias que recorreram ao artifício legal para elaborar um plano de reestruturação.

Segundo o levantamento, o aumento em relação a outubro foi de 8,0%. Já na comparação com novembro de 2022, o crescimento foi de 196,6%.

Apesar de começarmos a observar os resultados da queda da inflação e das taxas de juros, o que tem contribuído para uma melhoria na inadimplência das empresas, o cenário de recuperação judicial apresenta uma reação mais lenta”, diz o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi.

Os pequenos negócios lideram a lista de pedidos para recuperação judicial: são 137 pedidos de micro e pequenas empresas em novembro. No mesmo mês de 2022, eram 113.

Já grandes companhias (16) têm uma minoria dos pedidos. As médias têm quase o dobro, 33. De acordo com o Serasa, a quantidade de empresas que pediram falência diminuiu em 36,1% na comparação com outubro. A queda foi de 58,9% ante novembro de 2022.

Artigos Relacionados

Caixa Econômica Federal paga novo Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 8

Além do benefício mínimo de R$ 600, há pagamento de adicionais.A Caixa Econômica Federal paga...

IPVA 2024: pagamento à vista ou segunda parcela termina para placas 1, 2 e 3

O calendário de vencimento de acordo com o final de placa dos veículos iniciou em...

INSS não pagará reajuste igual para todos os aposentados

O cálculo do reajuste, de acordo com as disposições legais, seguirá as diretrizes do Índice...

Últimas Notícias