Polícia Militar prende homem que espancou e esquartejou ex-mulher com serrote em Santa Cruz das Palmeiras, SP

Souza estava foragido desde a quinta-feira (9), quando contou a colegas de trabalho que havia cometido o crime contra a ex-mulher. Ele foi encontrado escondido em uma casa.

A Polícia Militar de Santa Cruz das Palmeiras (SP) prendeu, na noite da sexta-feira (10), o trabalhador rural Valdenor Carnaúba de Souza, de 64 anos, no Parque Varoti.

Ele espancou a ex-esposa, Mariza Santana, até a morte, a esquartejou com um serrote e depois enterrou seu corpo em um terreno na Vila Bortone.

Souza estava foragido desde a quinta-feira (9), quando contou a colegas de trabalho que havia cometido o crime contra a ex-mulher. Ele foi encontrado dormindo na casa de uma sobrinha após denúncias.

Segundo informações do delegado Renato Coletes, responsável pelo caso, a polícia solicitou a prisão temporária do assassino, que foi acolhida pelo Judiciário e a captura foi resultado de um trabalho em conjunto das polícias Civil e Militar.

Souza, foi apresentado no Plantão Policial e, depois de ser ouvido pela autoridade presente  foi encaminhado à Cadeia Pública de Casa Branca onde permanece à disposição da Justiça.

Mariza Rocha de Santana foi assassinada em Santa Cruz das Palmeiras; Valdenor Carnaúba de Souza é suspeito do crime — Foto: José Carlos Bizaia/TV SuperAtiva e Reprodução/Facebook

O crime

Mariza Rocha de Santana foi brutalmente assassina entre a noite da quarta-feira (8) e a madrugada da quinta (9). O principal suspeito, que agora está preso, é o ex-companheiro dela, Valdenor Carnaúba de Souza, de 64 anos.

O ex-casal, que tem quatro filhas, estava separado há cerca de dois meses e, segundo a Polícia Civil, o homem não aceitava o fim do relacionamento.

Após o crime, ele foi até a casa da filha e contou que havia agredido a mulher, mas não confessou o assassinato. Durante a manhã da quinta (9), Souza foi trabalhar e contou sobre a agressão aos colegas de trabalho.

A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram até o local, encontraram a casa suja de sangue e o corpo da mulher, partido em dois, no terreno.

A principal linha de investigação é que o crime tenha sido cometido por ciúmes, já que o suspeito teria descoberto que a vítima estava se relacionando com outro homem.

Artigos Relacionados

OPERAÇÃO ADAGA VII: Homem é preso pela Polícia Militar por não pagamento de pensão alimentícia em Araras, SP

Diante dos fatos ele foi apresentado no plantão da Central de Polícia Judiciária, onde após...

ROMU realiza prisão em flagrante durante patrulhamento ostensivo na região leste de Araras, SP

Em revista pessoal foi localizado um celular Samsung, e ao averiguar a pochete que ele...

PM prende dupla que furtou óculos de banhista e descobre que ‘vítima’ era procurada com pena até 2044

Caso aconteceu em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, a...

Últimas Notícias