PONTO DE VISTA: Capitão Lançoni divulga redução de 35% nos roubos e furtos de agosto para setembro em Araras, SP

Participaram do programa o advogado Wagner Moraes, o advogado e vereador José Roberto Apolari e o major PM Roney.

Na manhã desta quarta-feira, dia 4 de Outubro, o capitão Lançoni, comandante da 2ª Companhia participou do programa PONTO DE VISTA. Ele divulgou o índice de roubos e furtos em geral, registrados na cidade de Araras (SP), que apresentou redução, de agosto para setembro deste ano, em 35%. Assista abaixo:

O capitão/PM Daniel Lançoni, que reuniu a imprensa nesta segunda-feira (2), para falar dos resultados. Os dados, segundo Lançoni, estão na planilha da Operação Cinisca que visa acabar com esses roubos e furtos, principalmente de veículos. Durante a operação, que começou em setembro e está em continuidade, foram abordadas 512 pessoas nas ruas e avenidas da cidade.

Durante os patrulhamentos e bloqueios específicos, de acordo com o comandante, os policiais do serviço operacional capturaram cinco procurados pela Justiça, sendo que um deles também era investigado por roubos. O que a PM tem observado, segundo o capitão, é que vários criminosos vêm de Americana ou Santa Bárbara D’Oeste para praticar roubos em Araras. Durante o programa recebemos a visita do major Roney, que também falou sobre os trabalhos da PM na cidade.

Major Roney, falou sobre os trabalhos da PM na cidade — Foto: Repórter Beto Ribeiro

Muralha Digital

Um sistema que ajuda muito no combate a este tipo de crime, segundo Lançoni, é a Muralha Digital – câmeras interligadas ao sistema Detecta, do Governo, que funciona por meio de inteligência artificial, e que quando um veículo furtado ou roubado passa por um radar, por exemplo, a polícia é acionada no mesmo instante. Porém, Araras é a única cidade da região que não tem.

Segundo o capitão Lançoni, das 1.300 câmaras anunciadas para a cidade apenas 200 estão disponíveis no momento. “Mesmo assim conseguimos reduzir em 35% os índices.
COMO PREVENIR – Segundo o comandante da PM local, as pessoas vítimas de crimes não devem deixar de registrar ocorrência. “Tivemos um caso em que a vítima não registrou o roubo do veículo, nós detivemos os dois autores, eles confessaram a autoria, mas como não tinha vítima, foram soltos”, explicou o capitão.

População deve ligar para a Polícia Militar

É fundamental manter a vigilância e a segurança em nossas comunidades. Uma observação importante destacada por Lançoni é a necessidade de que, ao surgir qualquer suspeita envolvendo um carro ou pessoa que não são habituais em nossos bairros, os membros da população devem estar atentos e prontos para agir em prol da segurança coletiva. Nesses casos, é crucial acionar a Polícia Militar imediatamente, através do número de emergência 190, para que sejam tomadas as medidas adequadas de abordagem e averiguação.

Essa ação proativa pode ser decisiva na prevenção de possíveis incidentes e crimes. A presença de indivíduos desconhecidos, especialmente quando estão monitorando a rotina das pessoas, pode indicar más intenções e a preparação para cometer delitos. A comunicação rápida e eficaz com as autoridades de segurança permite uma resposta ágil e eficiente, contribuindo para a manutenção da tranquilidade e segurança da comunidade como um todo. A participação ativa dos cidadãos é crucial para fortalecer o combate à criminalidade e garantir um ambiente mais seguro para todos.

Artigos Relacionados

Ônibus invade posto de combustíveis, bate em caminhão estacionado e deixa 14 pessoas feridas em Limeira, SP

Segundo a prefeitura, nenhuma das vítimas corre risco de morte e quatro tiveram ferimentos graves....

Casal de idosos que morreu em acidente na Rodovia Wilson Finardi será enterrado em Conchal, SP

Antônio e Izabel Malvezzi estavam em um carro que bateu de frente com outro veículo....

TRÁFICO DE DROGAS: Homem é preso pela Polícia Militar na região norte de Araras, SP

Durante busca pessoal foi localizada uma sacola plástica com 39 pinos de cocaína, 6 porções...

Últimas Notícias