Procon-SP divulga pesquisa mensal de preços de combustível de julho

Levantamento feito entre os dias 24 e 27 na Capital, interior e litoral do estado, tem como objetivo oferecer referências ao consumidor; diferenças encontradas foram relevantes.

O Procon-SP realizou mais uma pesquisa de preços de etanol comum, gasolina comum e diesel S10 e identificou diferenças que chegaram a até 69,04% no preço do diesel S10 em postos da Capital, onde também foram encontradas as diferenças mais expressivas nos preços do etanol e da gasolina – 58,92% e 47,57%, respectivamente.

No interior e no litoral, as maiores diferenças constatadas pelas equipes foram de 37,33% para a gasolina comum, em Sorocaba; de 25,05% para o diesel S10 e de 23,60% para o etanol comum, ambas em Campinas.

Veja aqui os levantamentos completos: na capital https://www.procon.sp.gov.br/wp-content/uploads/2023/07/RT-Combustiveis-NIP-Julho-2023.pdf e no interior https://www.procon.sp.gov.br/wp-content/uploads/2023/08/Relatorio-Regionais-Pesquisa-Combustiveis-31-de-julho-23.pdf

Realizada simultaneamente na capital e nas regiões de Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba, a pesquisa tem como objetivo oferecer uma referência de preços para que os consumidores paulistas tenham mais informações na hora de abastecer.

Preços médios e variações encontradas

Na capital, os preços médios encontrados foram: para o etanol comum R$ R$ 3,58; para a gasolina comum R$ R$ 5,39 e para o diesel S10 R$ R$ 5,05.

Já no interior, os preços médios encontrados e as variações de preços entre os locais visitados foram:

Bauru: R$ 5,41 para a gasolina comum; R$ 3,51 para o etanol comum e R$ 5,27 para o diesel S10 – com diferenças de preços entre os locais visitados de até 9,28% (gasolina), 11,82% (etanol) e 18,04% (diesel S10).

Campinas: R$ 5,31 para a gasolina comum; R$ 3,66 para o etanol comum e R$ 5,20 para o diesel S10 – com diferenças de preços entre os locais visitados de até 20,04% (gasolina), 23,60% (etanol) e 25,05% (diesel S10).

Presidente Prudente: R$ 5,71 para a gasolina comum; R$ 3,09 para o etanol comum e R$ 5,06 para o diesel S10 – com diferenças de preços entre os locais visitados de até 11,56% (gasolina), 12,29% (etanol) e 16,70% (diesel S10).

Ribeirão Preto: R$ 5,62 para a gasolina comum; R$ 3,65 para o etanol comum e R$ 5,32 para o diesel S10 – com diferenças de preços entre os locais visitados de até 11,34% (gasolina), 14,33% (etanol) e 16,36% (diesel S10).

Santos: R$ 5,32 para a gasolina comum; R$ 3,63 para o etanol comum e R$ 5,01 para o diesel S10 – com diferenças de preços entre os locais visitados de até 14,03% (gasolina), 21,36% (etanol) e 22,59% (diesel S10).

São José do Rio Preto: R$ 5,68 para a gasolina comum; R$ 3,47 para o etanol comum e R$ 4,98 para o diesel S10 – com diferenças de preços entre os locais visitados de até 8,22% (gasolina), 9,12% (etanol) e 8,35% (diesel S10).

São José dos Campos: R$ 5,21 para a gasolina comum; R$ 3,53 para o etanol comum e R$ 4,96 para o diesel S10 – com diferenças de preços entre os locais visitados de até 12,02% (gasolina), 22,02% (etanol) e 11,73% (diesel S10).

Sorocaba: R$ 5,49 para a gasolina comum; R$ 3,43 para o etanol comum e R$ 5,02 para o diesel S10 – com diferenças de preços entre os locais visitados de até 37,33% (gasolina), 9,12% (etanol) e 8,18% (diesel S10).

Sobre a pesquisa

As informações foram coletadas dias 25 e 26 de julho em 50 postos localizados nas cinco regiões da Capital – norte, sul, leste, oeste e centro -, sendo 10 estabelecimentos em cada uma delas. De 24 a 27 de julho em 80 estabelecimentos nas regiões em que o Procon-SP possui unidades regionais – Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba, sendo 10estabelecimentos em cada município.

O levantamento, realizado mensalmente, coleta os valores praticados no dia da coleta para os produtos do tipo comum (etanol, gasolina e diesel S10) indicados nas bombas, sem os descontos ou vantagens de programas de fidelidade, como aqueles oferecidos por aplicativos, ou seja, o “preço cheio”.

Fonte: Assessoria de Imprensa | Procon-SP


Repórter Beto Ribeiro. É de graça. Clique aqui e participe do grupo oficial Repórter Beto Ribeiro e fique por dentro de todas as atualizações.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Artigos Relacionados

Caixa Econômica Federal paga novo Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 8

Além do benefício mínimo de R$ 600, há pagamento de adicionais.A Caixa Econômica Federal paga...

IPVA 2024: pagamento à vista ou segunda parcela termina para placas 1, 2 e 3

O calendário de vencimento de acordo com o final de placa dos veículos iniciou em...

INSS não pagará reajuste igual para todos os aposentados

O cálculo do reajuste, de acordo com as disposições legais, seguirá as diretrizes do Índice...

Últimas Notícias