RISCO DE DESABAMENTO! Defesa Civil determina demolição da Loja da Chohfi incendiada no Centro de Limeira, SP

Loja que fica na rua Senador Vergueiro registrou incêndio de grandes proporções nesta terça-feira (5). Demais comércios da região também passam por vistoria.

Após o incêndio na Loja da Chohfi no Centro de Limeira (SP) na manhã desta terça-feira (5), a Defesa Civil condenou o prédio, que deve ser demolido. Segundo o órgão, após o incêndio a estrutura teve danos significativos, e há risco de desabamento.

A loja que mais foi atingida ficou destruída. Não houve vítimas. Segundo a Defesa Civil, o incêndio ocorreu na parte de cima do estabelecimento, onde fica o estoque. A suspeita é que o início do fogo tenha sido ocasionado por um curto circuito.

As equipes de engenharia do órgão foram até o local e verificaram que há risco de desabamento e, por conta disso, não basta apenas uma reforma para que volte a funcionar. “Precisa haver todo um processo de demolição”, explicou o diretor da Defesa Civil, Anderson Martins.

Primeiro o imóvel deve ser esvaziado. “Vamos acompanhar um representante da empresa na retirada das mercadorias que ainda são possível de serem salvas”, completou Martins. Segundo ele, há uma pressa para que isso ocorra por conta do risco de alguma estrutura ainda desabar.

Isso aconteceu com uma igreja vizinha do local, ainda durante o incêndio. Uma parede desabou no forro da cozinha do imóvel, causando vários estragos. A cozinha permanece interditada.

O local teve um novo foco de incêndio nesta quarta-feira, segundo a Defesa Civil. Os agentes verificaram fumaça na parte dos fundos da loja e acionaram novamente o Corpo de Bombeiros. O fogo já foi controlado.

A Polícia Científica também foi até o local do incêndio nesta quarta para fazer uma perícia e tentar identificar as causas do fogo.

Outros comércios

Além do prédio atingido pelo incêndio, demais lojas da região, que também foram afetadas, passam por vistoria nesta quarta (6). Todos 16 imóveis já foram vistoriados e apenas a loja que pegou fogo não foi liberada.

Alguns dos outros comércios já voltaram a reabrir para o público, apenas com interdições parciais que não oferecem risco. Dono de uma loja de brinquedos no mesmo quarteirão, o comerciante Isaac Barolo conta que ficou aliviado com a liberação para funcionamento.

“Falaram que na nossa está tudo certo, só estão preocupados com algumas coisas soltas do telhado deles [da loja atingida]. Mas como não cai no nosso salão, nós temos um depósito e o nosso telhado, então acabaram permitindo o funcionamento, nós vamos trabalhar normalmente”, explicou.

Na loja ao lado da que pegou fogo, a gerente Bianca de Paula comemora a liberação: “Alívio, nossa, parecia um filme de terror. Graças a Deus ninguém se feriu, está tudo bem, agora vida que segue. Vamos voltar tudo ao normal, porque o mês que a gente mais deseja é dezembro”, afirmou.

Artigos Relacionados

OPERAÇÃO ADAGA VII: Procurado por tráfico de drogas é capturado pela Polícia Militar em Araras, SP

Durante atendimento de averiguação de desinteligência familiar onde o causador da confusão já não estava...

PM de folga atira em assaltante que roubou bolsa de mulher

Homem foi baleado no cotovelo direito, preso em flagrante e levado ao hospital em São...

OAB alerta para golpe em que criminosos se passam por advogados em processos de indenização

Orientação veio após um cliente de um escritório de advocacia de Bauru (SP) receber uma...

Últimas Notícias