“Tive que sair correndo com medo de ser atacada”, diz faxineira ao passar pela Praça Barão de Araras, SP

O site Repórter Beto Ribeiro recebeu inúmeros relatos de pessoas com medo de frequentar a Praça Barão, um lugar que sempre foi familiar, desde que foi criada em 1894.

Por conta da repercussão da morte de um homem de 34 anos na madrugada de sábado, dia 12 de agosto, por conta de uma briga entre moradores em situação de rua em Araras (SP).

O site Repórter Beto Ribeiro recebeu inúmeros relatos de pessoas com medo de frequentar a Praça Barão, um lugar que sempre foi familiar, desde que foi criada em 1894.

Um dos relatos, o de uma faxineira de 45 anos, que pediu para não ser identificada, chamou a atenção da nossa reportagem. Ela disse que esses dias ao cruzar a Praça, teve de sair correndo com medo de ser atacada.

“Eu vi a publicação da morte do homem com facão! Já era esperado que uma hora ou outra isso iria acontecer. Eu passo pela Praça Barão, duas vezes por dia. De manhã e à tardezinha. Esses dias cruzando a praça, haviam três homens e uma mulher sentados no banco, um deles me pediu cigarro, como eu disse que não tinha ele me pediu dinheiro. Com medo eu não respondi e acelerei os passos, ele e a mulher se levantaram e começaram me xingar de vagabunda. Tive que sair correndo com medo de ser atacada”, relatou.

Na própria publicação feita pelo site Repórter Beto Ribeiro, onde foi noticiado em primeira mão o assassinato, dezenas de pessoas fizeram relatos sobre a situação do local. Uma delas escreveu que não tem mais coragem de passear na praça, como antes fazia. Veja prints mais abaixo:

Trabalho constante de abordagem

Voltado ao acolhimento de indivíduos e famílias em situação de rua, o Centro Pop realiza trabalho permanente de abordagem junto a essas pessoas para oferecer acolhimento sempre que precisarem, além de encaminhamentos para consultas médicas e odontológicas, clínicas de reabilitação, capacitação e também auxílio para que retornem às famílias.

Além do abrigo emergencial, previsto em situações como as baixas temperaturas dos últimos dias, o Centro Pop também disponibiliza estrutura para que os moradores de rua fiquem alojados no local, por lei, por até seis meses.

No local, além de estrutura para dormirem, com colchões, agasalhos e cobertores, eles também têm café da manhã, podem tomar banho e fazer sua higiene pessoal, e usar o espaço ainda para lavar e secar suas roupas. Animais que acompanham essas pessoas também são acolhidos e podem permanecer no Centro Pop junto de seus donos.

Sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Ação e Inclusão Social, o local é abastecido também com doações de peças e cobertores arrecadados pelo Fuss (Fundo Social de Solidariedade) de Araras, além de parcerias com ONGs, igrejas e voluntários da cidade.

O trabalho de abordagem é realizado o ano todo. Os profissionais do centro percorrem a cidade , conversando com os moradores de rua e falando para eles sobre a estrutura do Centro Pop e sobre a importância de recuperarem o vínculo com suas famílias.

O grande problema é eles aceitarem, a grande maioria quer continuar nas ruas. O serviço, que antes funcionava na rua Visconde do Rio Branco, agora está na avenida Dona Renata, 1.645, Centro, das 07 às 16 horas. O telefone para contato é o (19) 3547-6672.

“A mudança de endereço tem como principal objetivo aprimorar o atendimento e também oferecer um espaço maior para o acolhimento, atividades e assistência à população de rua”, explica Sidinei de Pontes, coordenador do Centro POP de Araras.


Receba direto no celular as notícias mais recentes publicadas pelo site Repórter Beto Ribeiro. É de graça. Clique aqui e participe do grupo oficial Repórter Beto Ribeiro e fique por dentro de todas as atualizações.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

INFORMAÇÕES DE ARARAS
INFORMAÇÕES DE POLÍCIA
INFORMAÇÕES DE POLÍTICA

Artigos Relacionados

Vereadora Mirian Vanessa Pires revela decisão judicial e desafia executivo: “para onde vai o lixo agora?”

Há duas semanas a vereadora esteve no local conferindo de perto uma situação de descaso...

Prefeito Pedrinho Eliseu recebe visita da Miss Beleza Regional Infantil 2023

Thafiny Melaine Maurício irá representar Araras no Miss São Paulo da categoria.Na manhã desta quarta-feira...

#FAKE NEWS: Professor Léo Gurnhak está vivo, família desmente boatos de suicídio em Araras, SP

Em resposta, a família do professor emitiu uma nota oficial desmentindo categoricamente os boatos. Segundo...

Últimas Notícias