Cantora gospel Fernanda Ôliver é presa em operação da Polícia Federal

Além de Fernanda, também foram presos o pastor Dirlei Paz e os influenciadores Rodrigo Lima e Isac Ferreira.

A cantora gospel Fernanda Ôliver foi presa na manhã desta quinta-feira (17) na 14ª fase da operação “Lesa Pátria”, da Polícia Federal”, que apura os responsáveis por convocar e incentivar os atos criminosos de 8 de Janeiro, em Brasília.

Além de Fernanda, também foram presos o pastor Dirlei Paz e os influenciadores Rodrigo Lima e Isac Ferreira. Ao todo, foram cumpridos oito mandados de prisão contra envolvidos na invasão à Praça dos Três Poderes. 

De acordo com a PF, os mandados foram cumpridos em Goiás, Paraná, Santa Catarina, Bahia e Distrito Federal, com autorização do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Ainda segundo a PF, os alvos da operação desta quinta, incluindo Fernanda Ôliver, integravam um grupo suspeito de ter incentivado o movimento chamado “Festa da Selma“, um código usado pelos manifestantes para se referir aos atos golpistas de 8 de janeiro.

A expressão era usada para organizar o transporte utilizado para as invasões, compartilhar coordenadas e dar instruções sobre a invasão.

“Recomendavam ainda não levar idosos e crianças, se preparar para enfrentar a polícia e defendiam, ainda, termos como guerra, ocupar o Congresso e derrubar o governo constituído”, diz a Polícia Federal.

Quem é Fernanda Oliver

A cantora gospel Fernanda Ôliver (cujo nome verdadeiro é Fernanda Rodrigues Oliveira), nasceu no Tocantins em 1998, mas morava em Goiânia, em Goiás. De acordo com sua página no Spotify, ela começou sua carreira artística aos três anos de idade.

Somente no Instagram, ela acumula 134 mil seguidores.A biografia diz que ela gravou seu primeiro CD, “Deus não te Falta”, em Recife. Em 2021, lançou seu primeiro clipe profissional, intitulado “Acima de tudo”.

A artista ficou conhecida entre os golpistas envolvidos nos atos como a “musa” das manifestações. Também ganhou fama nos acampamentos montados em frente a quartéis do Exército.

Na época, ela registrou as invasões ao Congresso Nacional em lives transmitidas em seu perfil na rede social.

Uma das músicas de Fernanda Ôliver, intitulada “Stand Up”, versão adaptada de uma canção estrangeira, foi lançada em novembro de 2022 e faz referência a expressões frequentemente usadas por bolsonaristas, como Deus, pátria e liberdade. Veja um trecho:

“Olha esse povo
Percebeu a força que têm
Olhando pro alto percebeu a força que têm
Povo bradou e quer liberdade
Ninguém mais cala essa voz
Não vou desistir me esconder
vou lutar com meu povo

E por Deus pela pátria , família eu vou Lutar”

A página de Fernanda Ôliver no Spotify tem 240 ouvintes mensais e disponibiliza quatro músicas da artista, lançadas separadamente como singles, publicadas entre 2021 e 2022.

A música Stand Up não está disponível no streaming. Ainda segundo a página, Fernanda Ôliver têm como lema: “Foi Deus quem fez tudo”.

No YouTube, ela acumula mais de 21 mil seguidores, e seu canal possui mais de 70 vídeos.

Artigos Relacionados

Saiba quem era Adriana Gabrieli, jovem assassinada com tiro pelo namorado no interior de SP

Assassino cometeu suicídio na noite de terça (28), em Santa Cruz das Palmeiras (SP). Ex-marido...

Jovem de 26 anos descobre que caiu em golpe ao ver outra pessoa aterrando terreno que ele comprou

Vítima, disse que chegou a vender o único bem que tinha, uma moto, para pagar...

Homem é preso por estuprar enteada de 8 anos após vítima relatar abusos sofridos na escola

Ele foi encaminhado por guardas municipais à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Santos...

Últimas Notícias