PUBLICIDADE

Corrida pela vida: policiais militares param trânsito para gestante chegar a tempo em hospital

Trajeto foi realizado de forma segura e com a agilidade necessária.

Era mais um dia de trabalho comum, quando policiais militares do 27º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M) foram acionados para atender ocorrência com gestante. Eles lembrarão para sempre da tarde de sábado (28), quando tiveram papel importante no nascimento do pequeno Pedro. A equipe acompanhou a família pela Avenida Interlagos até o Hospital Pedreira, que fica na zona sul da capital.

A equipe realizava patrulhamento pela região quando foi informada, por pessoas que passavam no local, que dentro de um dos veículos presos no trânsito havia uma gestante prestes a dar à luz. “No momento em que vi a cena, mantive a calma, para tentar ajudar da melhor maneira”, relatou o soldado João Batista, de 30 anos, que está há cinco anos na PM.

De imediato, os policiais abriram caminho e guiaram o veículo até o Hospital Pedreira. Com o trânsito e sem a ajuda da equipe, a família só chegaria em meia hora, mas graças à agilidade dos policiais, fizeram todo o trajeto em 10 minutos. “Sensação de dever cumprido”, contou o policial militar.

No local, eles ajudaram a tirar a mulher do carro da família e a colocaram em uma maca para que o pequeno tivesse o atendimento necessário e nascesse sem complicações. Após o procedimento, a família agradeceu, com lágrimas nos olhos, e informou que o recém-nascido veio ao mundo bem e saudável, graças à ajuda da equipe.

Artigos Relacionados

Homem que deixou a filha de 3 anos sem comer por 40 dias é encontrado morto em Rio Claro, SP

Criança foi resgatada desnutrida em junho de 2023 e homem de 36 anos chegou a...

‘Se Deus não tivesse dado livramento, eles estavam mortos’, diz avó de menino atropelado na calçada

Motorista teria discutido com moradores da região e desceu com carro em alta velocidade, quando...

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA: Homem é preso pela Polícia Militar após agredir esposa durante discussão em Araras, SP

A mulher teve ferimentos na região do rosto e tórax. Ao ser indagado sobre as...

Últimas Notícias