Delegacia de Defesa da Mulher investiga estupro coletivo ocorrido cometido por 4 homens em Araras, SP

Crime aconteceu na madrugada desta sexta-feira (9). Ninguém foi preso.

Na madrugada desta sexta-feira (9), a polícia militar recebeu um chamado do Pronto Atendimento Municipal São Leopoldo Mandic, em Araras (SP), relatando um caso de estupro coletivo, ou seja uma forma de violência sexual envolvendo dois ou mais agressores.

Os policiais militares cabo Ezequiel e soldado Gentil, em patrulhamento preventivo, foram imediatamente ao local para apurar a denúncia. Ao chegar, os policiais fizeram contato com a vítima, que informou ter combinado um encontro com um homem, durante o qual consumiram drogas e bebidas alcoólicas.

Bebida suspeita

A mulher relatou que, após estacionarem em uma área escura próxima ao Jardim Cândida, três outros homens surgiram, ofereceram uma bebida suspeita e, em seguida, todos eles mantiveram relações sexuais com ela.

A vítima percebeu a gravidade da situação e conseguiu fugir, pedindo ajuda a uma pessoa que passava pela rua. O caso foi imediatamente registrado no plantão da Central de Polícia Judiciária, onde as autoridades estão conduzindo as investigações. A ação contou com apoio do Sargento Prado e soldado Rômulo.

Foram requisitados exames

Em nota enviada ao site Repórter Beto Ribeiro, a Secretaria de Segurança Pública (SP) informou que o caso foi registrado como estupro pela Delegacia de Araras. “Foram requisitados exames ao Instituto Médico Legal (IML) para a vítima. Demais detalhes serão preservados devido à natureza da ocorrência”, informou.

A equipe da delegada Evelyn Kafa Loiola Domiate, titular da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Araras, está empenhada em esclarecer o caso e identificar e localizar os autores do crime, realizando diligências para esclarecer os fatos e garantir a justiça.

Artigos Relacionados

01/03/24 Plantão Policial – Confira as Principais Notícias

O Café Júnior – Um primor de café desde 1945, traz as principais notícias policiais...

Homem é morto a tiros com bebê no colo; motivação seria ciúme de uma curtida no Instagram

À Polícia Civil, a namorada da vítima afirmou que o companheiro estava sofrendo ameaças do atual...

Mulher tem 27% do corpo queimado por óleo quente após companheiro chutar panela durante discussão

O companheiro dela, de 41 anos, foi preso pela Polícia Militar.Uma mulher de 45 anos...

Últimas Notícias