Falsa médica presa pela Polícia Civil é condenada a 6 anos e 2 meses de prisão em Campinas, SP

Cabe recurso da decisão, publicada nesta segunda-feira (30). Simone atendia, há pelo menos dois anos, com o registro de uma médica do Rio de Janeiro.

A Justiça de Campinas (SP) condenou Simone Martins Ferreira por falsidade ideológica, estelionato e exercício ilegal da medicina. Ela foi presa em flagrante no dia 22 de maio deste ano pela Polícia Civil.

A pena aplicada na sentença é de seis anos e dois meses de prisão em regime inicial fechado. Cabe recurso da decisão, publicada nesta segunda-feira (30). Simone atendia, há pelo menos dois anos, com o registro de uma médica do Rio de Janeiro.

À época, a polícia civil apreendeu com a mulher receituários de controle especial, carimbos, equipamentos médicos, insumos, seringas, e uma credencial da Federação Paulista de Futebol (FPF).

Além da condenação, a juíza manteve a prisão preventiva da falsa médica alegando a necessidade de assegurar ‘a garantia da ordem pública e a aplicação da lei penal’.

O site Repórter Beto Ribeiro abriu espaço para o posicionado do advogado de defesa da Simone, Antônio Godoy Maruca, e aguarda retorno.

Artigos Relacionados

Homem que matou ex-mulher a facadas é encontrado morto em pé de laranja dois meses após o crime

Segundo a Polícia Militar, Sérgio de Godoy, de 56 anos, estava foragido desde o dia...

Incêndio criminoso devasta vegetação em propriedade na região norte de Araras, SP

Um Jequitibá-rosa, plantado há mais de 20 anos, ficou com as folhas queimadas a mais...

Entregador de pizzas sofre tentativa de roubo na Avenida Ângelo Franzini em Araras, SP

Ele disse que por volta das 22hs, estava com uma entrega no Conjunto Habitacional Narciso...

Últimas Notícias