Garantia de Serviços Prestados: entenda como funciona!

Advogado Kleber Luzetti responde dúvida de leitor sobre direito do consumidor. Envie você também suas perguntas para (19) 99861-7717.

Não sabe como funciona a garantia de serviços prestados? Então acesse agora o artigo e descubra!

Que todo produto possui uma garantia, você provavelmente já sabe. Porém, muita gente ainda tem dúvidas sobre se existe ou como funciona a garantia de serviços prestados.

Assim como a garantia de quando você adquire um produto, a garantia de serviços é um direito do consumidor. Mas existem alguns detalhes nessa garantia que pedem atenção especial tanto da empresa que fez o serviço, quanto do consumidor. 

Quer entender melhor como funciona a garantia de serviços prestados? Continue lendo e confira! 

Como funciona a garantia de serviços prestados?

Nem sempre a finalização de um serviço sai completamente como o planejado. Às vezes pode ocorrer, por exemplo, do serviço não ter sido feito com o cuidado necessário, ou ter durado muito menos do que deveria. É importante entender, também, que essa é uma garantia obrigatória, prevista no Código de Defesa do Consumidor (CDC). 

Nesse cenário, a garantia de serviço não é nada mais do que uma forma de assegurar ao cliente que ele terá algum retorno da empresa. Ou seja, se houve algum problema ou defeito na parte que recebeu o serviço, especificamente, o cliente pode recorrer à empresa para receber o devido retorno. 

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, em seu artigo 26, o cliente tem até 90 dias para reclamar de defeitos ou problemas no serviço recebido. Confira: 

“Art. 26 – O direito de reclamar pelos vícios aparentes ou de fácil constatação caduca em:

I – 30 (trinta) dias, tratando-se de fornecimento de serviço e de produto não duráveis;

II – 90 (noventa) dias, tratando-se de fornecimento de serviço e produto duráveis.”

O que é coberto pela garantia? 

Porém, existem alguns detalhes sobre a garantia de serviços prestados que necessitam de atenção. Diferente do que se possa imaginar, solicitar a garantia por um serviço não significa, exatamente, que receberá todo o valor investido de volta. Cada caso é um caso. 

Além disso, a garantia só cobre defeitos e problemas no serviço especificamente. Isso significa que outros problemas, que tenham aparecido após o serviço, não são cobertos pela garantia. 

Agora, caso você esteja recorrendo à garantia porque considera que o serviço foi mal-feito ou não está dentro da qualidade prometida, aí, sim, pode receber o valor total investido ou, ainda, cobrar que a empresa refaça o serviço de graça. 

Por que essa garantia é importante? 

A garantia de serviço prestado é uma proteção para o cliente, e pode, inclusive, torná-lo mais exigente e cuidadoso na hora de contratar uma empresa. Muitas pessoas, hoje, estão optando por empresas que ofereçam esse tipo de garantia, já que isso mostra o comprometimento da mesma em gerar bons resultados para os clientes. 

Em um ambiente em que existem cada vez mais empresas oferecendo serviços, garantias como essa são importantes para manter o nível de qualidade e aumentar a confiança do consumidor. 

Como exigir a garantia? 

Se o cliente teve algum problema e resolveu acionar a garantia, ele deve contactar diretamente a empresa responsável pelo serviço. Agora, se o serviço envolveu a instalação de peças, materiais ou outros detalhes, essa situação pode mudar de figura. 

É possível, por exemplo, que o defeito ou problema do cliente não tenha sido por causa do serviço mal-prestado, mas, sim, por causa de defeitos em peças que foram utilizadas no serviço. Se essas peças foram adquiridas pelo próprio cliente, ele deve recorrer à empresa que as vendeu para conseguir a garantia da peça específica. 

Agora, se for provado que o problema foi no serviço prestado, é importante que a empresa se coloque à disposição de auxiliar o cliente. Isso porque, caso ela não cumpra a garantia, é possível que o cliente recorra à justiça e consiga o direito não só de receber o valor do serviço de volta, mas também receber valores referentes à indenização. 

Agora que você já sabe como funciona a garantia de serviços prestados, compartilhe esse artigo nas redes sociais para que outras pessoas também entendam!

Artigos Relacionados

Empregado afastado tem direito as férias?

O afastamento prolongado do trabalhado do serviço em razão de doenças e acidentes de trabalho,...

Funcionário Sem Vale-Transporte Pode Faltar Ao Trabalho?

A lógica por trás disso é simples: o trabalhador não deve ser penalizado pela incapacidade...

Dano em veículo causado por buraco na rua pode ser cobrado da prefeitura; saiba como

A maioria das pessoas acaba arcando com os danos; reportagem conversou com advogado Kleber Luzetti,...

Últimas Notícias