Homem espanca e mata companheira com cabo de rodo após desconfiar de traição; filha de 3 anos presenciou crime

Homem foi preso em flagrante por feminicídio e filha do casal, de três anos, foi entregue ao Conselho Tutelar.

Um homem de 31 anos espancou e matou a companheira usando um cabo de madeira de um rodo, na madrugada desta terça-feira (19), no Jardim América, em Ibaté (SP). A filha do casal, de três anos, presenciou o crime e foi entregue ao Conselho Tutelar.

Segundo informações do delegado Gilberto de Aquino, o homem confessou o crime e disse que espancou a mulher por desconfiar que ela estava o traindo com um vizinho. Ele foi preso em flagrante por feminicídio.

Ainda de acordo com Aquino, a Polícia Militar foi chamada para atender uma ocorrência de violência doméstica e que a Isabella Silva havia dado entrada no Hospital de Ibaté, em estado grave, com lesões nas pernas, braços e tronco.

“O autor foi conduzido para a delegacia e ele assumiu que quebrou o cabo do rodinho na vítima. Perguntei quantas vezes ele agrediu e ele disse: ‘perdi as contas, dei no braço, nas pernas e depois peguei um pedaço de metal'”, relatou o delegado.

“Ele disse que ao chegar em casa viu um homem pulando o muro da casa e começou a pressionar a mulher. Ela disse que queria largar dele e depois da criança dizer ‘vamos embora com o tio [nome do vizinho]’, ele ficou mais enfurecido. Ele foi bem frio”, disse Aquino.

O homem foi preso em flagrante por feminicídio com qualificadora do crime ter sido praticado na frente de uma criança e aguarda por audiência de custódia.

Artigos Relacionados

Homem é preso por matar a facada morador em situação de rua

Homicida também é morador em situação de rua em Registro (SP). Ele foi encontrado por...

Homem mata esposa e diz à policia que motivação foi mordida durante sexo

Homem, que ainda não teve a identidade divulgada, fugiu após o crime no domingo (14)....

Vídeo mostra grave acidente em cruzamento no Centro de Araras, SP

Equipes do Corpo de Bombeiros, SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e Polícia Militar...

Últimas Notícias