INVESTIGAÇÃO: Homem é preso acusado de matar mulher espancada em Limeira, SP

Vitima morreu no início de novembro, após dar entrada em hospital com ferimento na cabeça. Na época, marido disse que ela tinha caído da cama.

A Polícia Civil de Limeira (SP) prendeu na manhã desta quarta-feira (15) um homem acusado de feminicídio. O crime ocorreu no dia 5 de novembro e ele foi detido após a investigação apontar que a mulher foi vítima de espancamento, segundo a Guarda Civil Municipal.

De acordo com a corporação, a vítima era uma mulher de 31 anos, que deu entrada na Santa Casa de Limeira com fraturas no crânio. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade hospitalar.

Por conta da situação, a Patrulha Maria da Penha da GCM foi acionada por médicos da Santa Casa. O marido da vítima chegou a ser levado para a Central de Flagrantes para prestar depoimento.

Na época, ele disse que a vítima tomava medicamentos fortes e caiu da cama durante a madrugada, resultando no ferimento. Depois de presta depoimento ele foi liberado. A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) passou a investigar o caso e as apurações revelaram indícios de que a mulher foi vítima de espancamento pelo marido.

Foi expedido mandado de prisão preventiva e o homem foi preso dentro de casa, pela Guarda Municipal. Ele foi encaminhado à carceragem e ficou à disposição da Justiça. A Polícia Civil continua investigando o caso para esclarecer as circunstâncias do crime.

Artigos Relacionados

Polícia Militar recupera moto roubada após perseguição pelas ruas de Araras, SP

A equipe voltou ao patrulhamento, e se deparou com a segunda moto usada no roubo,...

19/04/24 – PLANTÃO POLICIAL com o Repórter Beto Ribeiro

  O Café Júnior – Um primor de café desde 1945, traz as principais notícias policiais...

Polícia Militar encontra moto roubada após denúncia em Araras, SP

Feita consulta pela numeração do chassi, constou que ela havia sido roubada na noite de...

Últimas Notícias