Jovem de 22 anos encontra larvas vivas dentro de pacote de bolachas

Imagens mostram bichos andando pelos doces. Caso aconteceu em Santos (SP).

Um jovem de 22 anos levou um susto ao encontrar larvas vivas dentro de um pacote de bolachas que a mãe tinha comprado em Santos, no litoral de São Paulo. A informação foi divulgada pelo g1, nesta quinta-feira (23).

A empregada doméstica Sara Ventura, de 43 anos, contou que comprou a bolacha Passatempo do sabor morango no início do mês, mas o filho abriu o pacote somente no dia 18, quando chegou a comer uma. “Deu uma mordida e depois ele viu [os bichos]”, contou a mulher.

Segundo Sara, a família resolveu gravar a aparição dos bichos no meio das bolachas, próximo ao recheio, para provar o fato. Ela ficou revoltada com a presença das larvas, principalmente, porque tem crianças em casa.

“Fiquei brava. […] Se os pequenos tivessem pegado a bolacha, eles tinham comido e passado mal”, afirmou.

Ainda de acordo com a mulher, praticamente todas as bolachas tinham pelo menos uma larva. Ela resolveu acionar o serviço de atendimento ao cliente da Nestlé, que informou que iria ressarcir o valor do pacote.

A moradora de Santos chegou a guardar os doces para que a empresa pudesse fazer a retirada e análise. No entanto, ela disse que a companhia não manifestou interesse em investigar a causa das larvas no alimento.

Larvas foram encontradas em pacote de bolachas em Santos (SP) — Foto: Arquivo Pessoal

O que diz a Nestlé?

Em nota, a Nestlé informou que preza pela qualidade e segurança dos produtos, atendendo aos padrões de qualidade exigidos pelas legislações e normas internas e externas. Todas as etapas de produção são monitoradas nas fábricas e não existe registros de problemas na fabricação do biscoito Passatempo, que pode sofrer alterações pontuais em razão das condições de armazenamento.

Ainda de acordo com a companhia, no caso em questão, foram seguidos os protocolos de descarte e ressarcimento do valor, além do envio de um novo produto. Porém, todas as iniciativas foram recusadas pela consumidora.

Artigos Relacionados

Funcionário Sem Vale-Transporte Pode Faltar Ao Trabalho?

A lógica por trás disso é simples: o trabalhador não deve ser penalizado pela incapacidade...

Dano em veículo causado por buraco na rua pode ser cobrado da prefeitura; saiba como

A maioria das pessoas acaba arcando com os danos; reportagem conversou com advogado Kleber Luzetti,...

Saiba qual a diferença entre insalubridade e periculosidade

Como forma de compensá-los, nossa legislação criou os benefícios de insalubridade e periculosidade.Os adicionais de...

Últimas Notícias