Menino de 14 anos tenta explodir casa de acolhimento após roubar loja e furtar moto

Caso aconteceu em São Vicente, no litoral de São Paulo. Imagens mostram o furto da motocicleta realizado pelo menor, o irmão e um amigo.

Um adolescente ameaçou explodir uma casa de acolhimento em São Vicente, no litoral de São Paulo, e matar o funcionário do local com uma faca e um cabo de vassoura.

Conforme apurado pela nossa reportagem neste sábado (16), ele foi levado ao abrigo após roubar uma loja e furtar uma moto com o irmão e um amigo. As imagens mostram a ação dos menores para levar o veículo.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), o adolescente, de 14 anos, tentou desconectar o cabo do botijão de gás e, em seguida, colocou objetos metálicos e um copo com álcool no micro-ondas. O objetivo dele era colocar fogo na Casa de Passagem para Crianças e Adolescentes.

Quando um funcionário tentou pará-lo, o menino começou a ameaçá-lo com uma faca e disse que o mataria caso se aproximasse. Depois, o adolescente pegou um cabo de vassoura e tentou dar um golpe no homem, que conseguiu segurá-lo e acionar a Guarda Civil Municipal (GCM).

A GCM foi ao local e encontrou o menor escondido no banheiro com a faca na cintura. O objeto foi apreendido e o adolescente levado à Fundação Casa de Praia Grande (SP).

Histórico

O menor foi levado à casa de acolhimento junto com o irmão, de 12 anos, após terem roubado no último domingo (12) três pares de chinelo em uma loja no Centro da cidade. Eles estavam com um amigo, de 14.

Os adolescentes foram detidos pelos clientes e seguranças do estabelecimento, que acionaram a GCM — eles foram conduzidos à casa porque os responsáveis não foram encontrados.

O fiscal da loja relatou aos agentes que eles estavam acompanhados de mais alguns indivíduos de bicicleta, que conseguiram fugir.

Dias antes, o trio furtou uma moto. Imagens de câmeras de monitoramento mostram um deles montado no veículo, enquanto os outros dois empurram. Desta vez, eles conseguiram fugir.

Segundo o BO, guardas municipais encontraram o veículo sem as rodas, pneus, farol, placa e painel. A vítima, que havia registrado a ocorrência, foi acionada.

Artigos Relacionados

Acusado de estupro de uma criança de 4 anos preso pela PM é liberado após ser ouvido no plantão policial de Araras, SP

No local, a equipe policial fez contato com o pai da vítima, que informou que...

Confira as informações do Plantão Policial desta quinta-feira (18), com o repórter Beto Ribeiro

  O Café Júnior – Um primor de café desde 1945, traz as principais notícias policiais...

Mulher é denunciada por permitir espancamento brutal de filho de 2 anos

Segundo promotor, Ana Beatriz Morais de Oliveira, de 22 anos, poderia e deveria ter evitado...

Últimas Notícias