Motorista de ônibus do TCA sequestrado agradece por final feliz: ‘momento tenso, mas tive calma’

Crime aconteceu na quarta-feira (6) e sequestrador foi preso na caçamba de um caminhão na Rodovia Anhanguera (SP-330), em Limeira (SP).

“Momento tenso, mas graças a Deus eu tive calma”, disse o motorista de ônibus urbano Valdir Antônio Duarte Júnior sobre o tempo em que ficou refém de um homem que sequestrou o ônibus que ele dirigia em Araras (SP), na tarde da quarta-feira (6).

“A gente nunca espera por isso, pra mim foi meio traumatizante, mas graças a Deus não aconteceu nada. Em hora nenhuma ele chegou a me agredir. Depois que passa, a gente pensa que poderia ter acontecido algo. Sorte grande de continuar bem. Minha família me espera lá em casa”, declarou.

O criminoso foi preso ainda na quarta, pela Polícia Rodoviária de Limeira, na caçamba de um caminhão graneleiro na Rodovia Anhanguera (SP-330).

Tensão

Júnior contou à reportagem da EPTV, afiliada da TV Globo, que o homem teve uma discussão com dois andarilhos antes de entrar no coletivo, que estava parado no ponto final.

Em determinado momento da viagem, ele passou a furar o banco do ônibus com uma chave de fenda e o motorista ligou para o fiscal acionar a Guarda Civil Municipal.

“Quando ele percebeu que eu diminui a velocidade no ônibus para esperar a Guarda Municipal chegar, ele pulou a catraca do ônibus, fez dois furos no banco dianteiro do ônibus para me assuntar. Aí ele colocou a chave de fenda no meu pescoço e me ameaçou. Disse ‘você tá querendo atrasar meu lado, rapaz?’”, contou.

Júnior lembrou que esse foi um dos momentos mais tensos e ele tentou explicar para o homem que precisava dirigir devagar por ser um ônibus.

“Ele mandou acelerar. Aí eu tive que andar com o ônibus um pouquinho mais rápido, ele se acalmou, veio para o lado da escada e começou a bater a chave de fenda nos ferros do ônibus para me deixar tenso. Ele falava que eu poderia ligar para a polícia porque o ônibus estava sequestrado”, disse.

O motorista declarou que apesar da pressão ser grande, ele não pensou em reagir para não colocar em risco à vida de outras pessoas.

“Eu estou dirigindo uma máquina muito grande, um ônibus desse pesa 11 toneladas, então, como que eu vou reagir na direção, na rodovia, sendo que qualquer movimento brusco eu posso evadir a faixa contrária, causar um acidente, matar uma pessoa? Então eu tive que obedecer . Inclusive, ele disse que eu se eu não obedecesse, ele ia pegar a direção do ônibus e jamais eu ia deixar isso acontecer”, disse.

O crime

O ônibus invadido pelo criminoso era um circular de Araras. Segundo a PM, sob ameaças, ele forçou o motorista a seguir em direção à Rodovia Anhanguera (SP-330).

Ainda de acordo com a PM, quando o coletivo passava pela praça de pedágio existente no quilômetro 152 da Anhanguera, em Cordeirópolis, o criminoso desembarcou e entrou na caçamba de um caminhão graneleiro.

Com informações sobre o caminhão, uma equipe da Polícia Militar Rodoviária conseguiu abordar o veículo no quilômetro 133 da Anhanguera. Após buscas no veículo, o suspeito foi localizado na caçamba.

Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado em flagrante delito ao 4º Distrito Policial de Limeira. O caso foi registrado como sequestro e cárcere privado.

Artigos Relacionados

01/03/24 Plantão Policial – Confira as Principais Notícias

O Café Júnior – Um primor de café desde 1945, traz as principais notícias policiais...

Homem é morto a tiros com bebê no colo; motivação seria ciúme de uma curtida no Instagram

À Polícia Civil, a namorada da vítima afirmou que o companheiro estava sofrendo ameaças do atual...

Mulher tem 27% do corpo queimado por óleo quente após companheiro chutar panela durante discussão

O companheiro dela, de 41 anos, foi preso pela Polícia Militar.Uma mulher de 45 anos...

Últimas Notícias