Mulher é condenada a 25 anos de prisão por não ter evitado morte do filho espancado pelo pai

Em 2016, Felipe de Jesus Soares Araújo espancou o filho de cinco anos por mais de 12h. Genitora da criança, Marcia da Silva Coelho estava presente e não fez nada.

Marcia da Silva Coelho, mãe de Rafael que morreu aos cinco anos após ser espancado pelo pai, foi condenada a 25 anos e oito meses de prisão. Ela é acusada de omissão de socorro, já que podia e devia ter agido para evitar a morte do filho.

A mulher foi levada ao Presídio Feminino de São Vicente, no litoral de São Paulo, mas conseguiu uma liminar para recorrer a decisão em liberdade e foi solta. O crime aconteceu no dia 15 de julho de 2016, em Peruíbe (SP).

Na ocasião, Felipe de Jesus Soares Araújo espancou o filho porque o menino ‘deu trabalho’ na hora de comer. A criança não resistiu aos ferimentos. O homem fugiu, mas se entregou à polícia três dias depois e foi preso.

Desde então, um processo contra a mãe de Rafael corre na Justiça. Conforme o documento do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), obtido pela nossa reportagem, o menino foi agredido por mais de 12 horas “em verdadeiras sessões de tortura”. Marcia estava presente e não fez nada.

Artigos Relacionados

Honda/XRE-300 é roubada por criminosos na Rodovia Wilson Finardi em Araras, SP

A informação foi confirmada ao site Repórter Beto Ribeiro na tarde desta quarta-feira (24).Uma moto...

Jeep/Compass Limited é furtado no Parque Industrial em Araras, SP

A informação foi confirmada ao site Repórter Beto Ribeiro na tarde desta quarta-feira (24).Um Jeep/Compass...

Guarda Civil Municipal realiza flagrante de tráfico de drogas durante patrulhamento em Araras, SP

Feita a abordagem, durante revista pessoal foi encontrada a quantia de R$ 50,00 dentro de...

Últimas Notícias