Mulher que denunciou 12 homens por estupro e ficou grávida cita proposta de R$ 30 mil pelo silêncio

Vítima alega ter interrompido a gravidez após o quarto mês. PM instaurou sindicância para apurar a participação de agentes no crime. Caso aconteceu em Guarujá, no litoral de São Paulo.

A mulher que denunciou ter sido estuprada por 12 homens, sendo 11 policiais militares, e depois engravidado, alega que os agentes ofereceram de R$ 20 mil a R$ 30 mil para que ela não levasse o caso às autoridades.

O suposto crime aconteceu em Guarujá, no litoral de São Paulo, em julho de 2023. Imagens obtidas pela nossa reportagem, nesta sexta-feira (2), mostram conversas dela com um intermediário na ‘negociação’ dos valores.

Segundo a mulher, o estupro ocorreu após ela ser dopada — ainda com momentos de consciência — em uma festa em uma casa alugada por um grupo de PMs no bairro Balneário Praia do Pernambuco.

Ela disse ter interrompido a gestação por vontade própria após o quarto mês. A PM informou ter instaurado uma sindicância para apurar a participação de agentes no crime.

Ela contou à equipe de reportagem ter sido abordada por um policial militar no WhatsApp em dezembro, pouco antes de interromper a gravidez.

O homem não está envolvido no suposto crime, mas, segundo a mulher, por conhecer ambas as partes, agiu como um ‘intermediário’ do grupo e apresentou uma proposta para ‘comprar o silêncio’ dela.

O objetivo dos PMs envolvidos, segundo a mulher, era fazer com que ela não desse prosseguimento à denúncia à Polícia Civil revelando os nomes, o que fez em janeiro de 2024.

O primeiro boletim de ocorrência do estupro às autoridades foi registrado em dezembro de 2023, mas sem citar os policiais. Com o documento, de acordo com ela, o objetivo era apenas para conseguir a aprovação para interromper a gravidez de forma legal em um hospital da capital paulista.

Leia mais clicando no link: https://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2024/02/02/mulher-que-denunciou-12-homens-por-estupro-e-ficou-gravida-cita-proposta-de-r-30-mil-para-abafar-o-caso.ghtml

Artigos Relacionados

Yago Lourenço faz aniversário e comemora ao lado de seus heróis

A alegria contagiante do aniversariante e das demais crianças presente ficou evidente, criando um momento...

Polícia Civil prende homem de 29 anos por tráfico de drogas com apoio da GCM em Araras, SP

Com ele foi localizado uma certa quantidade de entorpecentes sendo 10 pinos de cocaina, 25...

01/03/24 Plantão Policial – Confira as Principais Notícias

O Café Júnior – Um primor de café desde 1945, traz as principais notícias policiais...

Últimas Notícias