População cobra esclarecimentos da prefeitura sobre mortandade de patos em lagoa do Parque Ecológico de Araras, SP

“É triste porque antigamente não era assim e pior para os animais e para a aparência da cidade, porque aqui é um ponto turístico. Muita gente vem aqui para visitar e ver uma situação dessa é terrível”, disse a estudante Yasmin de Oliveira Poiam.

O lago do Parque Ecológico Municipal “Gilberto Rüegger Ometto”, em Araras (SP), está sofrendo com a proliferação de plantas aquáticas e assoreamento, preocupando moradores que frequentam o local. A área também tem lixo.

A prefeitura informou que fará a limpeza na próxima semana. (veja abaixo o posicionamento).

Segundo a ecóloga Silvia Regina Gobbo, pós-graduanda na pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), essas plantas se formam geralmente porque o corpo d’água está com muito nutriente, que pode ser oriundo de fertilizantes ou esgoto urbano.

“É uma situação de poluição por fertilizantes, por matéria orgânica que também são poluentes no caso de um corpo d’água, já que eles promovem a proliferação tanto de microrganismos que podem roubar o oxigênio quanto de macrófitas, que são essas plantas aquáticas que crescem desenfreadamente”, disse a especialista em entrevista à EPTV, afiliada da TV Globo.

População exige esclarecimentos sobre mortandade de patos em lagoa do Parque Ecológico de Araras, SP — Foto: Arquivo Pessoal

Risco da lagoa desaparecer

Se nada for feito, as plantas vão aumentar cada vez mais. “Essa lagoa vai ficando cada vez mais rasa e ela deixa de existir, pode virar um solo comum”, disse a ecóloga.

“É triste porque antigamente não era assim e pior para os animais e para a aparência da cidade, porque aqui é um ponto turístico. Muita gente vem aqui para visitar e ver uma situação dessa é terrível”, disse a estudante Yasmin de Oliveira Poiam.

Além das plantas aquáticas e os sedimentos trazidos pela chuva, que formaram uma espécie de ilha no meio do lago, a reportagem encontrou garrafas, isopor e papéis jogados no lado, mostrando também a falta de conscientização sobre o descarte irregular de lixo por parte da população.

Ilha se formou no meio do lago do Parque Ecológico Municipal de Araras (SP) — Foto: Edijan Del Santo/EPTV

O que diz a prefeitura?

Em nota, a Secretaria Municipal de Serviços Públicos informou que, a partir da próxima semana, será realizada a limpeza com o recolhimento e destinação correta das algas.

O órgão destaca que já foi providenciada a embarcação que será utilizada na operação. Porém, não esclereceu a mortandade de pelos menos 6 patos. A população exige uma explicação.

Artigos Relacionados

Equipe Los Atômicos conquista do 1º lugar em torneio mundial de robótica nos Estados Unidos e é recebida com festa em Araras, SP

Neste ano, o Brasil foi representado pela maior delegação até então: 144 competidores de escolas...

Vereadora Mirian Vanessa Pires revela decisão judicial e desafia executivo: “para onde vai o lixo agora?”

Há duas semanas a vereadora esteve no local conferindo de perto uma situação de descaso...

Prefeito Pedrinho Eliseu recebe visita da Miss Beleza Regional Infantil 2023

Thafiny Melaine Maurício irá representar Araras no Miss São Paulo da categoria.Na manhã desta quarta-feira...

Últimas Notícias