Vereadora Regina Corrochel propõe reajuste integral imediato aos servidores públicos de Araras, SP

Proposta de Pedrinho prevê reajuste escalonado até de dezembro.

Quase adentrando no final do primeiro semestre de 2024 o prefeito Pedrinho Eliseu (PL) protocolizou Projeto de Lei na Câmara Municipal de Araras (SP), para concessão do reajuste da inflação aos servidores.

Vale ressaltar que a data-base do dissídio dos servidores tem como regência o mês de março. Neste período (março) é comum todos os anos o prefeito sentar com o sindicato dos servidores e chegarem num consenso sobre o reajuste. Fato que não ocorreu neste ano.

Com isso os servidores estão até o presente momento sem a reposição sequer da inflação de 2023 que fechou em 4,62%. O projeto de lei do executivo municipal propõe o ajuste escalonado de 0,66% ao mês de junho até dezembro. É isso gerou muita revolta com o sindicato e toda a categoria.

A Vereadora Professora Regina Corrochel (Progressistas) protocolou uma emenda a fim de garantir que a reposição concedida pelo prefeito seja imediata e não parcelada. A proposta é uma emenda supressiva que visa retirar do projeto o escalonamento. A parlamentar utilizou a seguinte justificativa.

“A presente emenda supressiva tem por objetivo trazer e fazer justiça imediata ao salário dos servidores públicos municipais que está defasado em razão da inflação do ano de 2023 que fechou o ano em 4,62% segundo índice do IPCA. A forma escalonada conforme proposto pelo Exmo. Sr. Prefeito Municipal não trará reflexo imediato no bolso do servidor, que já sofre com os aumentos dos preços cada dia que passa”.

“Portanto, em pleno gozo de legisladora, apresento esta emenda para fazer justiça aos servidores públicos do município de Araras”. A proposta será debatida e votada na sessão de hoje (10). O Sindicato convoca a categoria para fazer pressão aos vereadores da base.

Em nota a executiva do SINDSEPA destacou.

“Em uma clara demonstração de incapacidade com o contraditório (não sabe lidar com argumentos contrários à sua maneira de pensar e agir), o prefeito não discutiu com o Sindicato e anunciou a reposição junto com os vereadores da base, que só falam “amém” para as atitudes irresponsáveis desse desgoverno”.

“O prefeito parece se importar apenas com quem o aplaude!”

“Vamos lembrar que os mesmos vereadores votaram a favor do projeto do Araprev e, em anos anteriores, defendiam a Data-base e a negociação. Agora, são os fiéis escudeiros desse prefeito que não respeita os servidores”.

São eles: Marcelo de Oliveira (Republicanos), Deise Olímpio (PL), Márcio Tonisse (Podemos), Mané da Rádio (PL) e José Roberto Apolari (MDB).

 

Artigos Relacionados

NOVIDADE: Painel mostrará tempo de espera na unidade da UPA em Araras, SP

Com essa medida, a UPA busca melhorar a transparência e a eficiência no atendimento, garantindo...

Pastor Cristiano Donizete Martins morre aos 51 anos em Araras, SP

Seu sepultamento está marcado para este sábado, 21 de junho, no Cemitério Municipal.A Igreja Assembleia...

SHOW DE DESPEDIDA: Cantor Chrystian se apresentou na noite de sexta-feira em Araras, SP

Artista estava internado em um hospital de São Paulo e morreu na noite desta quarta-feira...

Últimas Notícias