18/08/23 Plantão Policial – Confira as Principais Notícias com o Repórter Beto Ribeiro

O Café Júnior – Um primor de café desde 1945, traz as principais notícias policiais de Araras (SP) e região.

DESTAQUE: Homem é assassinado com 46 facadas em Santa Gertrudes, SP

Uma câmera de segurança flagrou o momento em que Josué Alves da Silva, de 28 anos, foi assassinado com 46 facadas no bairro Jequitibá, em Santa Gertrudes (SP), nesta quinta-feira (17).

O vídeo, que dura 1 minuto e 45 segundos, está sendo compartilhado nas redes sociais e mostra o seguinte:

  • A vítima já está no chão, ao lado de um poste. O assassino, Igor Alexandre Sabino, de 24 anos, conversa com um homem não identificado e o cumprimenta.
  • Em seguida, o agressor vai em direção a Josué e disfere várias facadas. O homem não identificado tenta impedí-lo e o puxa, mas Igor volta e esfaqueia a vítima novamente.
  • Igor demonstra estar alterado. Ele se afasta, ajoelha, ergue as mãos, e beija o asfalto. Se levanta, vai em direção à vítima e a esfaqueia pela terceira vez. O homem não identificado o puxa novamente. Ele insiste e esfaqueia o Josué pela quarta vez.
  • O assassino demonstra estar alterado. Ele se afasta e depois a vítima é esfaqueada pela quinta vez.

Briga por ciúmes

Segundo a Guarda Civil Municipal, a corporação foi acionada por volta das 6h para atender uma ocorrência de homicídio. No local, eles encontraram Josué esfaqueado e morto. A perícia constatou 46 perfurações na cabeça, pescoço, costas, tórax, e mão da vítima.

Polícia militares foram informados das características do suspeito Igor Alexandre Sabino e o localizaram na Rodovia SP-316, a cerca de 100 metros do local do crime. Ele foi detido e confessou o assassinato.

No interrogatório, Igor disse que conheceu Josué há poucos meses por jogarem futebol juntos e que eles não tinham uma boa relação. Relatou que, na noite de quarta (16), estava no local conhecido como ‘laguinho’ com uma menina e Josué ficou enciumado, o que teria motivado uma discussão entre eles.

Josué teria arremessado uma sacola de cerveja no rosto do autor, que foi até sua residência sozinho pegar uma faca e retornou ao laguinho. No registro, não fica claro quanto tempo ele levou para voltar ao local.

Novamente passaram a discutir, e Josué teria desferido um soco na boca de Igor, que imediatamente revidou com uma facada. Em seguida, Josué teria sacado um “facão”, mas Igor desarmou a vítima e desferiu diversos golpes com faca.

Uma testemunha ainda não identificada, tentou impedir que o indiciado continuasse o crime. Igor foi autuado em flagrante por homicídio qualificado pelo meio cruel. Ele ainda não apresentou advogado de defesa. A Polícia Civil pediu a prisão preventiva dele.

1 – ‘Brincava de cavalinho’: Professor é preso por abuso sexual de alunos em escolas municipais de Rafard, SP

Um professor preso por abusar de alunas em escolas de Rafard (SP) e Capivari (SP) costumava brincar de “cavalinho” com as vítimas, que eram crianças de 8 e 9 anos, segundo a investigação. Ele foi preso pela Polícia Civil na noite de quarta (16), mas o caso é investigado desde junho.

Conforme o delegado do caso, Mauro José Arthur, por enquanto foram identificadas duas vítimas em escolas de Rafard. A polícia também apura uma outra situação em uma escola de Capivari, em que as crianças escreveram cartinhas relatando o comportamento do professor.

“Uma didática um pouco estranha. Uma professora surpreendeu ele em uma das aulas com uma criança no colo, brincando de cavalinho, com conotação sexual”, afirmou o delegado.

Alunos e funcionários das escolas foram ouvidos durante a apuração do caso, que continua em investigação. As denúncias em Capivari são mais antigas, mas também há relatos de que ele passava a mão nas crianças.

“Houve fatos semelhantes envolvendo o professor na cidade de Capivari, com toques nos ombros e braços, o que não é comum”, completou o delegado.

Apuração interna

A diretora de educação de Rafard, Cristiane Pellegrini Rossi, explica que a funcionária que flagrou o professor com uma criança no colo relatou o caso à coordenação imediatamente. “Essa não é postura de um professor, a gente sabe. Ela já comunicou, chamou a criança e em seguida comunicou a coordenadora. Nós pedimos um relatório de tudo que tinha acontecido”, afirmou.

O caso passou a ser apurado internamente depois dessa situação e o professor foi afastado. Ele pediu exoneração do cargo na sequência. “Mas nós continuamos o procedimento, os relatórios foram feitos […] O delegado foi até a escola e solicitou tudo, nós encaminhamos e fizemos o depoimento”, explicou.

Cristiane também afirma que o professor era conhecido por brincar muito com as crianças, mas até essa situação não tinha nenhum relato de abuso.

Já a Prefeitura de Capivari informou que assim que tomou conhecimento do caso abriu um Processo Administrativo para apurar. “A prefeitura também reforça que esse tipo de conduta é inadmissível e não condiz com os princípios da Administração Municipal.”

Atualmente o professor encontra-se afastado do cargo na educação em Capivari. “A Prefeitura de Capivari reafirma seu compromisso com a apuração dos fatos e seguirá colaborando com as investigações policiais. Nenhum tipo de assédio, de qualquer ordem, ou importunação sexual será tolerado dentro de nossas unidades educacionais.”

Investigação policial

A partir das informações de uma denúncia pelo Disque 100, o delegado instaurou um inquérito policial para apurar o caso. A investigação constatou que de fato houve abuso, segundo o delegado, e colheu provas para que o professor fosse indiciado.

Depois de coletar as provas no inquérito, a Polícia Civil pediu a prisão preventiva do investigado. Os policiais cumpriram o mandado nesta quarta-feira (16) e prenderam o homem. Ele prestou depoimento e foi encaminhado ao Plantão Policial de Piracicaba, onde vai aguardar audiência de custódia.

2 – Polícia apura vazamento de informações em ataque a carro-forte na Rodovia dos Bandeirantes; prejuízo foi de R$ 2 milhões

A Polícia Civil está apurando um possível vazamento de informações no ataque a um carro forte em Santa Bárbara d’Oeste que gerou um prejuízo de R$ 2 milhões que estavam dentro do veículo. O crime aconteceu na noite desta terça-feira (15) quando criminosos, fortemente armados, interceptaram o carro-forte na Rodovia dos Bandeirantes. Cinco pessoas ficaram feridas.

De acordo com a polícia, a hipótese foi levantada por que, há três meses, um ataque com as mesmas características aconteceu e com a mesma empresa vítima do roubo desta terça.

“O proprietário da empresa se mostrou indignado por conta disso e ele próprio levantou essa possibilidade, então é uma das hipóteses que será investigada pela polícia”, disse o delegado titular do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), Marcel Sousa.

Os criminosos usaram, no ataque que aconteceu nesta terça-feira, o mesmo tipo de armamento usado no ataque registrado no dia 16 de maio, na Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304). Dentre os armamentos, está uma metralhadora .50.

No decorrer das investigações, a polícia deve ouvir funcionários da empresa de segurança e aguarda o resultado de exames periciais de materiais que foram apreendidos.

O veículo foi interceptado por criminosos que estavam em dois carros pequenos. Eles jogaram explosivos e o carro-forte ficou em chamas. Os criminosos ainda não foram identificados e presos.

De acordo com o delegado do Departamento de Polícia Judiciária do Interior 9 (Deinter-9), Kleber Altale, parte do dinheiro foi queimada.

O veículo transportava R$ 2.057.000,00 e todo o dinheiro foi perdido. O delegado Kleber não soube precisar se algo foi levado, mas confirmou que muitas notas acabaram queimadas.

O caso aconteceu por volta de 19h desta terça, no km 125 da rodovia. Segundo a Polícia Militar, a ação começou quando os criminosos emparelharam com o carro forte e fizeram disparos.

Pouco depois, os bandidos tomaram a dianteira e fizeram mais disparos, dessa vez na parte frontal do veículo, quando os vigilantes decidiram parar, descer do carro-forte e fugir. Eles relataram que não tiveram tempo hábil de reagir ao crime.

Feridos

Um caminhoneiro que passava pelo local foi atingido no ombro. Os vigilantes foram atingidos um na perna e um com tiro de raspão na cabeça. Eles foram socorridas ao Pronto-Socorro Dr. Edson Mano, em Santa Bárbara.

Outros dois vigilantes tiveram ferimentos de menor gravidade e foram atendidos no local do crime. Dois dos pacientes internados já receberam alta e outro foi transferido para hospital particular, sem risco de vida.

Depois da ação teria começado o incêndio no veículo, mas não há informações sobre como isso aconteceu. A suspeita é que os criminosos tenham usado explosivos. O Corpo de Bombeiros combateu as chamas ainda durante a noite.

Além de viaturas da PM de Santa Bárbara d’Oeste, policiais do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) foram atender a ocorrência.

O caso foi registrado na Polícia Civil como roubo, com três agravantes por se tratar de veículo de transporte de valores, por uso de explosivos e pelo uso de armas de grosso calibre. Também foi registrado como associação criminosa.

Café Júnior

Essas são as principais notícias do final de semana na área policial sempre num oferecimento do Café Júnior – Um primor de café desde 1945. Adquira o café Júnior através do sistema direto de vendas para pessoas jurídicas, como estabelecimentos comerciais, clínicas, lojas e conveniências de postos de combustíveis.

Artigos Relacionados

Ônibus invade posto de combustíveis, bate em caminhão estacionado e deixa 14 pessoas feridas em Limeira, SP

Segundo a prefeitura, nenhuma das vítimas corre risco de morte e quatro tiveram ferimentos graves....

Casal de idosos que morreu em acidente na Rodovia Wilson Finardi será enterrado em Conchal, SP

Antônio e Izabel Malvezzi estavam em um carro que bateu de frente com outro veículo....

TRÁFICO DE DROGAS: Homem é preso pela Polícia Militar na região norte de Araras, SP

Durante busca pessoal foi localizada uma sacola plástica com 39 pinos de cocaína, 6 porções...

Últimas Notícias