Cartinhas da Campanha Papai Noel dos Correios 2023 já podem ser adotadas

Para adotar uma ou mais cartinhas, é só retirar em uma agência dos Correios participante – a lista está disponível no Blog do Noel.

As cartinhas para a campanha Papai Noel dos Correios 2023 já estão disponíveis para adoção em todo Brasil. A campanha, que está completando 34 anos, pretende atender os pedidos realizados pelas crianças, por carta, ao Papai Noel. A empresa recebe as cartas, realiza a seleção conforme os critérios da campanha e as oferece para adoção em sua rede de agências e na internet, no Blog do Noel, que pode ser acessado pelo site dos Correios: www.correios.com.br.

O Papai Noel dos Correios contempla pedidos de crianças do 1º ao 5º ano do ensino Fundamental de escolas da rede pública e de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos. Também são disponibilizadas para adoção as cartas enviadas por crianças com até 10 anos de idade em situação de vulnerabilidade social.

Este ano, a campanha recebe atenção especial da Secretaria de Comunicação (SECOM) da Presidência da República, a pedido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O objetivo é amplificar a ação e mobilizar o poder público, a sociedade e a iniciativa privada a contribuírem para a adoção das cartinhas e para levar alegria a crianças vulneráveis de todo o país.

Para adotar uma ou mais cartinhas, é só retirar em uma agência dos Correios participante – a lista está disponível no Blog do Noel. No blog, é possível ainda selecionar uma cartinha de forma online. A entrega de presentes deve ser feita presencialmente, no ponto de entrega indicado no blog, e conforme o cronograma da campanha. As datas de início e fim do período de adoção variam por estado.

“O Papai Noel dos Correios é uma forma da estatal retribuir à população brasileira o carinho e a confiança que sempre depositou na empresa. Temos orgulho de coordenar um trabalho social tão importante neste momento de união e reconstrução do Brasil sob a liderança do nosso presidente Lula”, afirma o presidente dos Correios, Fabiano Silva dos Santos.

HISTÓRIA – A adoção começou quando carteiros, que não sabiam o que fazer com as cartas enviadas pelas crianças ao Papai Noel, decidiram atender os pedidos. Com o passar do tempo, a empresa criou um programa corporativo para oferecer as cartas para adoção por seus empregados e empregadas e por toda a sociedade. Desde o inicio da campanha, mais de 6 milhões de crianças tiveram os pedidos atendidos. Em 2022, os Correios disponibilizaram 252 mil cartas, das quais 187 mil foram adotadas.

ATENÇÃO – Os Correios não distribuem cartas para adoção diretamente à população, em suas residências. As cartinhas do Papai Noel dos Correios ficam apenas nos locais indicados no blog. E para que a empresa possa acompanhar as adoções e as entregas dos presentes, os padrinhos devem cadastrar o CPF ou CNPJ. Acompanhe o Papai Noel dos Correios nos perfis oficiais da empresa no XInstagram, FacebookLinkedin e YouTube.

Artigos Relacionados

Aprovada em processo seletivo perde vaga ao contar gravidez: entenda por que atitude da empresa é ilegal e o que fazer

Ana Gabriela, de 33 anos, descobriu a gestação enquanto estava em busca de um novo...

Adolescente de 12 anos morre enquanto esperava atendimento médico no interior de SP

Santa Casa de Casa Branca (SP), informou que paciente chegou com sintomas leves, mas quadro...

Cobra sucuri de 4 metros é flagrada atravessando estrada rural na região

Animal foi registrado por autônomo e seu padrasto que estavam a caminho de sítio, entre...

Últimas Notícias