Com menos ônibus, estudantes faltam às aulas e enfrentam atrasos e superlotação em Araras, SP

Município tem utilizado veículos de linhas urbanas para atender a demanda. Problema começou após furto de peças de 9 veículos no final de outubro.

Desde o dia 30 de outubro, a comunidade estudantil de Araras (SP), vem enfrentando sérios obstáculos em sua rotina educacional. A redução na frota de ônibus escolares tem levado muitos alunos a faltarem às aulas, enquanto os que conseguem encontrar atrasos e superlotação.

O cenário se instalou quando nove dos 42 veículos designados para o transporte escolar foram alvo de furto de peças essenciais, tornando-os inoperantes. Essa situação deixou uma parcela específica de estudantes sem o meio de locomoção adequado para suas escolas, afetando diretamente seu acesso à educação.

Embora a prefeitura tenha reconhecida a gravidade do problema, a resposta até o momento se resume a uma promessa de solução para o próximo ano. A afirmação de que estão “trabalhando para que o ano que vem isso não aconteça mais” não traz ruptura imediata para os estudantes que enfrentam dificuldades diárias para chegar às instituições de ensino.

A falta de veículos escolares levou os alunos a dependerem dos ônibus das linhas urbanas, que já operam com suas próprias demandas, resultando em superlotação e desconforto.

O que diz a prefeitura

Sobre o uso de veículos que atendem a população em geral para suprir a frota escolar, a secretária de Educação, Heleine Villas Bôas, disse que a medida foi tomada para não deixar de assistir quem necessita do transporte escolar, oferecendo um passe acompanhante aos pais e responsáveis. Ela reconhece os problemas de defasagem na frota.

“Nós precisamos agora, desse mês de janeiro, para dar toda essa manutenção nesses ônibus que estão parados para poder voltar esses ônibus às linhas. Então, nesse momento, nós estamos realmente com a frota reduzida, tentando resolver esses problemas, e já trabalhando para que o ano que vem isso não aconteça mais”, explicou.

Alguns bairros que ficam na região conhecida como Aeroporto são novos e ainda não têm escolas, o que faz com que os alunos tenham que se deslocar até o Centro de Araras.

Sobre isso, a secretária ressaltou que “foram bairros que cresceram muito rápido e sem planejamento” e que ainda não há escolas que atendem as crianças daquela área. Segundo ela, os ônibus urbanos estão sendo utilizados para atender essa demanda até que haja os veículos fretados.

Artigos Relacionados

Vereadora Mirian Vanessa Pires revela decisão judicial e desafia executivo: “para onde vai o lixo agora?”

Há duas semanas a vereadora esteve no local conferindo de perto uma situação de descaso...

Prefeito Pedrinho Eliseu recebe visita da Miss Beleza Regional Infantil 2023

Thafiny Melaine Maurício irá representar Araras no Miss São Paulo da categoria.Na manhã desta quarta-feira...

#FAKE NEWS: Professor Léo Gurnhak está vivo, família desmente boatos de suicídio em Araras, SP

Em resposta, a família do professor emitiu uma nota oficial desmentindo categoricamente os boatos. Segundo...

Últimas Notícias