Homem de 34 anos é assassinado a tiros na frente da família na véspera de Natal em Rio Claro, SP

David Willian Pinheiro Rodrigues foi atingido pelo menso 5 vezes, na noite de domingo (25). Autor do crime, de 20 anos, fugiu. Motivação ainda é apurada pela Polícia Civil.

Um homem de 34 anos foi assassinado a tiros na frente da família, na noite de domingo (24), véspera de Natal, em Rio Claro (SP). O autor do crime, João Victor Fortunato Ferraz, de 20 anos, fugiu e ainda não foi localizado.

Segundo o boletim de ocorrência, a esposa de David Willian Pinheiro Rodrigues relatou que foi com ele e o filho de 2 anos para a casa da sua sogra, no bairro Maria Cristina. Disse que durante o dia moradores do bairro estavam fazendo “arruaça” com motos e acelerando para fazer barulho.

David pediu para que eles parassem com aquela bagunça e foi atendido e não houve discussão. Por volta das 21h, a família deixou o bairro e foi para a casa da tia de David, no bairro Terra Nova.

Ela relatou que, quando estavam na calçada, um veículo GM/Astra branco, que era dirigido por João Victor, passou em alta velocidade perto de seu filho. No registro não fica claro se João Victor tinha relação com os motociclistas que faziam barulho.

David ficou nervoso com a situação, mas nada fez. Poucos minutos depois, o homem passou novamente com o veículo muito perto da calçada. Foi quando David pegou seu carro e foi atrás do homem para tirar satisfação, mas voltou dizendo que não o alcançou.

Depois de alguns minutos, com a família no carro, a mulher começou a ouvir diversos tiros. Ela achou que fossem bombinhas, mas na sequência viu o homem que David tinha perseguido com uma pistola apontada para David. Para proteger a filha, ela abriu a porta do carro e saiu. A vítima foi atingida pelo menos 5 vezes e morreu no local.

O homem fugiu em seguida. O caso foi registrado como homicídio, com recurso que dificulta a defesa da vítima e motivo fútil. A pericia esteve no local e encontrou diversas cápsulas de .380. Ainda não há informações sobre o velório e enterro de David.

Artigos Relacionados

Acusado de estupro de uma criança de 4 anos preso pela PM é liberado após ser ouvido no plantão policial de Araras, SP

No local, a equipe policial fez contato com o pai da vítima, que informou que...

Confira as informações do Plantão Policial desta quinta-feira (18), com o repórter Beto Ribeiro

  O Café Júnior – Um primor de café desde 1945, traz as principais notícias policiais...

Mulher é denunciada por permitir espancamento brutal de filho de 2 anos

Segundo promotor, Ana Beatriz Morais de Oliveira, de 22 anos, poderia e deveria ter evitado...

Últimas Notícias