Homem sobe em poste para fugir da PM e deixa centenas de moradores sem energia elétrica

Após cerca de 24 horas, o homem que subiu em um poste para fugir da Polícia Militar (PM) em Itabira, na Região Central de Minas Gerais, desceu da estrutura, na tarde deste sábado (5). Ele passou oito anos preso e estava no regime semiaberto.

De acordo com o advogado Gabriel Fontes, depois de descer, ele comeu arroz doce e bebeu refrigerante. Posteriormente, será levado para o hospital e para a delegacia. O homem subiu no poste com um bastão de madeira nas mãos por volta das 16h30 de sexta-feira (4), para tentar escapar de um mandado de prisão.

Ele passou oito anos preso e estava no regime semiaberto, mas, segundo o advogado, não estava cumprindo as medidas determinadas pela Justiça e, por isso, teria que voltar ao regime fechado. “Ele tem bastante medo de ter que voltar por causa das penúrias que ele já teve ali dentro”, disse o advogado.

Segundo a Polícia Militar (PM), o homem tem passagens por crimes como roubo, furto e dano. Por segurança, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) precisou desligar a rede local quando ele subiu no poste, e 380 clientes ficaram sem energia. Por volta das 16h20, ainda havia 59 consumidores sem luz.


Receba direto no celular as notícias mais recentes publicadas pelo site Repórter Beto Ribeiro. É de graça. Clique aqui e participe do grupo oficial Repórter Beto Ribeiro e fique por dentro de todas as atualizações.

LEIA MAIS NOTÍCIAS:

Artigos Relacionados

Acusado de estupro de uma criança de 4 anos preso pela PM é liberado após ser ouvido no plantão policial de Araras, SP

No local, a equipe policial fez contato com o pai da vítima, que informou que...

Confira as informações do Plantão Policial desta quinta-feira (18), com o repórter Beto Ribeiro

  O Café Júnior – Um primor de café desde 1945, traz as principais notícias policiais...

Mulher é denunciada por permitir espancamento brutal de filho de 2 anos

Segundo promotor, Ana Beatriz Morais de Oliveira, de 22 anos, poderia e deveria ter evitado...

Últimas Notícias