Laudo aponta que causa da morte de mulher vítima de latrocínio foi ‘traumatismo cranioencefálico’

Investigação apreendeu documentos durante buscas na área rural de São Pedro (SP), na semana passada.

O laudo pericial do exame necroscópico realizado no corpo de Vanessa Veroneze Francisco, de 36 anos, vítima de latrocínio no dia 27 de novembro na área rural de São Pedro (SP), apontou que a causa da morte foi “traumatismo cranioencefálico”.

Segundo a polícia, o ferimento foi produzido por “agente perfuro contundente”, ou seja, uma arma de fogo. A informação foi divulgada pelo delegado do caso, Marcel Willian Oliveira da Sousa.

De acordo com ele, além do resultado do laudo, a investigação também avançou com buscas. Na semana passada foram feitas diligências na área rural de São Pedro e apreendidos documentos, que estão sendo analisados pela polícia. “Novos depoimentos foram e serão colhidos”, informa o delegado.

A investigação já encontrou uma arma, em uma porteira na área do sítio. Ela pertence ao sogro da vítima, segundo informou a Delegacia de Investigações Criminais.

Durante investigação da Polícia Civil, uma espécie de “manuscrito” em uma parede de construção existente no sítio, apontava a existência do revólver que teria sido usado para matar Vanessa.

Artigos Relacionados

OPERAÇÃO ADAGA VII: Homem é preso pela Polícia Militar por não pagamento de pensão alimentícia em Araras, SP

Diante dos fatos ele foi apresentado no plantão da Central de Polícia Judiciária, onde após...

ROMU realiza prisão em flagrante durante patrulhamento ostensivo na região leste de Araras, SP

Em revista pessoal foi localizado um celular Samsung, e ao averiguar a pochete que ele...

PM prende dupla que furtou óculos de banhista e descobre que ‘vítima’ era procurada com pena até 2044

Caso aconteceu em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, a...

Últimas Notícias